lide liquido

Festival Animage divulga os curtas vencedores da Mostra Competitiva 2021

‘Carne’, de Camila Kater recebeu os prêmios de Melhor Curta Brasileiro e Escolha ABCA de Melhor Curta Brasileiro (Prêmio Jeorge Pereira). Imagem: Divulgação

Os trabalhos premiados são do Congo, França, Chile, Alemanha e Brasil

O 11º Festival Internacional de Animação de Pernambuco (ANIMAGE) divulgou neste domingo (17) os vencedores da edição 2021. O curta-metragem Bestia, do chileno Hugo Covarrubias foi escolhido como o Melhor Curta-Metragem pelo júri deste ano, levando o Grande Prêmio ANIMAGE. Carne, de Camila Kater, venceu como Melhor Curta Brasileiro.

A premiação foi definida pelo júri oficial do festival, composto este ano pela artista visual e diretora portuguesa Bárbara Oliveira, a animadora Léa Zagury e pela cineasta Renata Pinheiro.

Participaram da Mostra Competitiva do ANIMAGE desta edição 69 curtas de 26 países. O ANIMAGE recebeu este ano mais de 1200 inscrições para a competição de curtas, um número expressivo que reflete a prolífica produção audiovisual desse segmento em todo o mundo.

“O prêmio ABCA foi dado ao filme Carne, da diretora Camila Kater, que além de crua, mal-passada, ao ponto, passada e bem passada – executou uma síntese genial! Fala de/com mulheres de todos os corpos e todas as idades. Um tapa na cara da caretice evangélica que assombra o Brasil atualmente”, disse o júri.

Um dos principais eventos de animação do Brasil, o ANIMAGE retornou este ano com uma programação híbrida, com exibições online e sessões presenciais no histórico Teatro do Parque, que foi recém-inaugurado. O espaço recebeu exibições de alguns longas da programação, além da popular Mostra Erótica. A ocupação foi limitada a 300 lugares atendendo aos protocolos de prevenção ao Covid-19. Ao todo, considerando atividades presenciais e online, o festival contou com um público de 15 mil pessoas.

“A Mostra Competitiva desta edição revelou um nível excelente, apresentou um panorama atual, diversificado e instigante com o melhor da animação brasileira e mundial. As escolhas exigiram muito das juradas e o resultado realmente contempla o alto nível da competição”, afirmou o produtor e idealizador do festival, Antonio Gutierrez.

Confira os premiados da Mostra Competitiva 2021:

Melhor Curta – Grande Prêmio ANIMAGE – Bestia, de Hugo Covarrubias (Chile)
Melhor Curta Infantil – La Source des Montagnes, de Adrien Communier, Camille Di DioI, Benjamin Francois, Pierre Gorichon, Briag Mallat e Marianne Moisy (França)
Melhor Curta Brasileiro – Carne, de Camila Kater (Brasil)
Melhor Direção – GENIUS LOCI, de Adrien Mérigeau (França)
Melhor Roteiro – Just a Guy, de Shoko Hara (Alemanha)
Melhor Direção de Arte – Moutons, Loup et Tasse de Thé…, de Marion Lacourt (França)
Melhor Técnica – Machini, de Frank Mukunday e Trésor Tshibangu (Congo)
Melhor Som – Affairs of the Art, de Joanna Quinn (Inglaterra/Canadá)
Menção Honrosa do Júri: Tapajós: Uma Breve História da Transformação de um Rio, de Alan Schvarsberg e Cícero Fraga (Brasil)

PRÊMIO ABCA:

Melhor Curta Brasileiro – Escolha ABCA – Prêmio Jeorge Pereira – Carne, de Camila Kater. Menção Honrosa do Júri ABCA – Foi Assim e Foi Assado, de Chia Beloto

%d blogueiros gostam disto: