Agenda Cultural lide liquido

‘Carlos de Assumpção, o poeta griot’ é homenageado em documentário do Sesc Ribeirão

Carlos de Assumpção. Foto: Ricardo Benichio

Série de três vídeos está disponível no YouTube e mostra vida e obra do poeta Carlos de Assumpção, hoje com 94 anos de idade, considerado símbolo de enfrentamento e resistência na luta contra o racismo

O documentário ‘Carlos de Assumpção, o poeta griot’ já está disponível no YouTube (YouTube.com/sescribeirao). Produzido e lançado pelo Sesc Ribeirão, tem como objetivo o registro da vida e realizações do poeta, suas produções e trabalhos.

A série de três episódios homenageia o ‘poeta griot’ e tinha como ideia inicial acompanhar cenas do cotidiano do autor, mas devido às restrições impostas pela pandemia, o roteiro foi adaptado.

“Para gravar durante a pandemia, a equipe seguiu todos os protocolos de segurança e com acesso remoto. Os equipamentos foram enviados para a residência do escritor e as captações contaram com o auxílio da família – que reside com ele, e com o apoio à distância do técnico audiovisual”, explica o programador de Turismo, Literatura e Diversidade do Sesc Ribeirão, Vitor Hugo.

O resultado é um monólogo em formato intimista, recheado de poesia e música com batuque, com uma linha narrativa a partir da expressão comumente utilizada por Carlos de Assumpção: “Quando o poeta acorda”. São opiniões sobre racismo, família, escravidão, democracia, educação, juventude, amor, samba, candomblé, sonhos e futuro, histórias da sua vida e poesias declamadas, como a “Zé Tambor”, descrita abaixo.

“A raça negra é tão espezinhada, posta para trás, tem que lutar, e muito, para vencer na vida. É uma vida de luta. O negro brasileiro tem que lutar muito para conseguir alguma coisa. E, mesmo conseguindo alguma coisa, ainda tem que vencer barreiras. Sempre. Mas a gente tem um espírito de luta, desde a infância”, diz Carlos de Assumpção, no vídeo.

Para Vitor Hugo Vieira, o lançamento do documentário é uma justa homenagem e reconhecimento à contribuição que Carlos de Assumpção deu, e ainda dá, ao engrandecimento das artes literárias e a cultura como um todo no país.

“Nada, a não ser o racismo estrutural instituído no Brasil, poderia justificar o apagamento continuado deste poeta até seus 94 anos”, diz.

Serviço

Documentário ‘Carlos de Assumpção, o poeta griot’
Onde assistir: canal do Sesc Ribeirão no YouTube – https://www.youtube.com/playlist?list=PLSQPgUA8X-xxjp5C4h0pSPBlSe-UCy9pH

%d blogueiros gostam disto: