Agenda Cultural

Projeto exibe documentários com registros do espetáculo Prot{agô}nistas e depoimentos dos artistas participantes

Documentários registram depoimentos dos artistas participantes do espetáculo e também cenas da obra, que circulou em 2019 por espaços culturais paulistanos como o Theatro Municipal, Sesc Pompeia e Galeria Olido; ação online tem palestrantes como Erica Malunguinho, Família Quilombo e Miguel Arcanjo Prado.

O projeto CIRCULAÇÃO PROT{AGÔ}NISTAS – Circulação e Conversa inicia nesta sexta-feira (25) e segue com programação até o dia 18 de julho de 2021. Apoiado pelo 1º Fomento à Cultura Negra da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o projeto tem direção e idealização de Ricardo Rodrigues. Integram a programação bate-papos, documentário artístico e minidocumentário sobre a passagem de um grupo composto por 25 artistas pretos que apresentou o espetáculo Prot{agô}nistas no palco do Theatro Municipal.

A programação é remota, gratuita e composta por exibições virtuais do documentário artístico Estar Vivo é Nossa Maior Resistência, que traz cenas do espetáculo Prot{agô}nistas e depoimentos dos artistas participantes da obra; bate-papos Estou aqui – O lugar ocupado pelo artista negro e sua representatividade na cena cultural paulista, compostos por um dos artistas do espetáculo Prot{agô}nistas, mais um convidado especial relacionado às lutas antirracistas e antiopressão e um artista, também do elenco do espetáculo, que terá vídeo curto exibido ao público fazendo alguma intervenção artística circense (malabares, parada de mão, perna de pau, etc); e exibição do mini documentário Ser Prot{agô}nistas no Theatro Municipal, que conta como foi uma equipe de 25 artistas pretos ocuparem artisticamente um dos principais palcos da cidade.

Cena do espetáculo Prot{agô}nistas. Foto: Mariana Ser.

O espetáculo

Criado para a abertura do Festival Internacional de Circo (FIC 2019) e apresentado no Theatro Municipal e São Paulo, o espetáculo Prot{agô}nistas reúne 25 artistas pretos da música, teatro, circo e dança com o objetivo de trazer para a cena a contemporaneidade desses diferentes pensamentos artísticos, estéticos e políticos. A peça, criada como uma celebração à produção negra paulistana, circulou em alguns espaços de São Paulo, como o Sesc Pompeia e Galeria Olido, antes de ser interrompida devido à pandemia do novo coronavírus.

Enquanto aguarda por um momento oportuno para retomar as sessões presenciais, o idealizador e diretor da obra, Ricardo Rodrigues, junto com os parceiros de núcleo Renato Ribeiro, Mariana Per e Washington Gabriel, apresentam agora um formato diferenciado que instiga o público a voltar quando a temporada estiver nos teatros físicos. Trata-se do documentário artístico Estar Vivo é Nossa Maior Resistência, que reúne trechos de Prot{agô}nistas e depoimentos dos artistas que participaram da obra.

Segundo Ricardo, a obra ressalta a potência da produção artística preta da cidade. O artista conta que escolheu e convidou por conta própria cada um dos 25 artistas que compõem a obra. “Alguns são artistas independentes, outros já fazem parte de grupos e coletivos. Eu os conhecia tanto da minha relação pessoal quanto como espectador. Convidar pessoas a integrar um trabalho com assuntos tão inerentes ao seu próprio ofício e trajetória foi muito potente. Cada ‘sim’ merece uma história”, diz Ricardo Rodrigues.

Nos documentários, as cenas de Prot{agô}nistas são oriundas tanto dos registros em vídeo feito das apresentações presenciais do trabalho quanto de trechos gravados por alguns dos artistas especialmente para o documentário. “A proposta dessa obra é que todos os integrantes tenham protagonismo, então nossa edição documental privilegia a qualidade técnica dos registros que já tínhamos e dos que foram feitos durante a pandemia, com todos cuidados e com equipe reduzida”, diz Ricardo.

Cena do espetáculo Prot{agô}nistas. Foto: Mariana Ser.

Programação

Exibição do Minidocumentário Ser Prot{agô}nistas no Theatro Municipal e Bate-papo Estou aqui – O lugar ocupado pelo artista negro e sua representatividade na cena cultural paulista

25/06, sexta-feira, às 17hCanal no YouTube do Protagonistas
Convidadas: Convidadas: Erica Malunguinho e Silvana de Jesus. Intervenção artística: Tatilene Santos

27/06, domingo, às 19hFacebook do CCJ Cachoeirinha
Convidados: Henrique André e Verônica Santos. Intervenção artística: Guilherme Awazu

01/07, quinta-feira, às 20hFacebook Teatro Flávio Império
Convidados: Adriana Arcebispo – Família Quilombo e Rafael Oliveira. Intervenção artística: Zanza Santos

08/07, quinta, às 19h Facebook CC Grajaú
Convidados: Miguel Arcanjo Prado e Munique Costa. Intervenção artística: Helder Vilela.

Documentário artístico Estar Vivo é Nossa Maior Resistência
Duração: 40 minutos | Livre

09/07, sexta-feira, às 20hTeatro Flávio Império
10/07, sábado, às 15h – CEU Jambeiro (Exibição: YouTube Protagonistas)
11/07, domingo, às 17hCC Grajaú
17/07, sábado, às 19hCCJ Cachoeirinha
18/07, domingo, às 19hCCN Jabaquara

%d blogueiros gostam disto: