Agenda Cultural lide liquido

‘Salão Paulista de Arte Naïf’ está com inscrições abertas até 02 de abril

O MAS (Museu de Arte Sacra de São Paulo) vai receber o ‘Salão Paulista de Arte Naïf’ de junho a agosto. Foto: Iran Monteiro/Acervo MAS.

Podem se inscrever, gratuitamente, artistas de todo o Estado de São Paulo.

O ‘Salão Paulista de Arte Naïf‘ está com inscrições abertas até o dia 02 de abril. A primeira edição do evento será promovida em duas etapas: de 26 de junho a 29 de agosto, no Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS), e de 22 de novembro a 08 de janeiro, no Museu Municipal “Dr. João Baptista Gomes Ferraz”, na cidade de Socorro. São 60 vagas, gratuitas, e podem participar artistas de todo o Estado de São Paulo. O edital e formulário on-line estão disponíveis no site http://www.spartenaif.com.br/.

Podem participar do ‘Salão Paulista de Arte Naïf‘ artistas maiores de 18 anos, paulistas ou residentes no Estado de São Paulo há mais de dois anos, com duas obras (uma para cada museu) caracterizadas dentro da estética naïf, e finalizadas entre os anos de 2019 a 2021. As obras podem ser realizadas em qualquer técnica com tema livre e pesar, no máximo, dois quilos.

A proposta do Salão é fomentar a arte naïf paulista, por meio de um espaço de valorização, difusão e circulação das obras e dos artistas desta estética, a maioria autodidatas.

“Coração, alma, sofisticação e intensidade no uso de cores vibrantes são a matéria-prima da arte naïf, que será representada nesta que, pretende ser, a maior exposição dos artistas paulistas dessa estética dos últimos tempos. ”, diz Marinilda Boulay, uma das curadoras do evento ao lado de Odécio Visintin Rossafa Garcia e Paco de Assis.

O evento é realizado pela Totem, Barthô Naïf e Cia Arte Cultura, e homenageia o artista José Antonio da Silva.

Homenagem

Nesta primeira edição, o “Salão Paulista de Arte Naïf” presta homenagem ao genial artista José Antonio da Silva, considerado um dos ícones da história da arte naïf brasileira. Entre outras obras será apresentada uma de suas Vias Sacras, a qual pertence ao acervo do MAS. “Ela foi produzida entre a década de 1960 e o início dos anos de 1970, e é composta por 16 pinturas, pois além das 15 estações, Silva incluiu no conjunto a Ressurreição de Jesus”, explica Odécio.

Estas obras de Silva vão compor a exposição juntamente às obras dos 60 artistas selecionados e de artistas convidados, entre eles Graciete Ferreira Borges, a última esposa do artista.

SERVIÇO:

‘Salão Paulista de Arte Naïf’
Inscrições gratuitas: até 02 de abril
Quando: de 26 de junho a 29 de agosto, no MAS (Museu de Arte Sacra de São Paulo); de 22 de novembro a 08 de janeiro, no Museu Municipal de Socorro
Site: http://www.spartenaif.com.br/
Informações: spartenaif2021@spartenaif.com.br

%d blogueiros gostam disto: