Lançamento lide liquido

Artista plástica Marinilda Boulay lança livro ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’

A artista plástica, pesquisadora e produtora cultural Marinilda Boulay. Foto: Divulgação.

A obra documenta 11 benzedores no Circuito das Águas Paulista com fotografias de Cuca Jorge e Bruno Boulay; pinturas, esculturas e bordados de artistas de vários cantos do Brasil também ilustram as páginas.

A artista plástica, pesquisadora e produtora cultural Marinilda Boulay se dedicou no último ano a catalogar os benzedores, com seus dons e ensinamentos ancestrais, e a prática do benzimento em sua cidade, Socorro (SP), na região no Circuito das Águas Paulista.

O resultado deste trabalho é o livro Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé, lançado pelo ITC (Instituto Totem Cultural) e que apresenta oito benzedeiras e três benzedores ativos, que agora dialogam com a tecnologia para continuar benzendo à distância. O projeto contempla ainda exposição on-line e documentário em curta-metragem.

O livro tem 112 páginas e tiragem de 500 exemplares, que estão sendo distribuídos gratuitamente às bibliotecas, escolas, acervos de centros culturais, museus, entre outros, em todo o país. A obra digital pode ser acessada no site: totemcultural.org.br/expo/benzedeiras-livro-de-arte-catalogo/.

A pesquisa de campo, realizada de fevereiro a agosto do ano passado, foi registrada pelo fotógrafo francês e produtor cultural do projeto Bruno Boulay e pelo fotógrafo e jornalista Cuca Jorge, acompanhados por uma equipe de fotógrafos (antes da pandemia) da Bélgica e Paris, estudantes da conceituada escola de artes visuais La-Cambre, em Bruxelas.

O livro conta também com textos de convidados: “Sobre as Benzedeiras”, da filósofa e poetisa Lúcia Helena Galvão Maya, docente da Nova Acrópole Brasil, em Brasília, e “Beleza dos ofícios – o Benzimento segundo a arte naïf”, do professor Augusto Luitgards, PhD em História da Arte pela PUC (MG). Já as ilustrações são reproduções de pinturas, esculturas, fotografias e bordados de mais de 70 artistas e fotógrafos de vários Estados do Brasil.

Sr. Benedito, benzedor do Bairro das Lavras de Cima, Socorro-SP. Foto Cuca Jorge.

Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé mostra a versatilidade da artista plástica Marinilda Boulay, que atua na produção de importantes projetos de fomento, valorização e difusão da arte naïf e da cultura tradicional e popular.

A obra contempla também uma exposição on-line, que pode ser visitada no site do ITC (totemcultural.org.br/expo/). O documentário em curta-metragem, dirigido por Marinilda Boulay, com edição de Magda Moraes, pode ser acessado no canal da artista no YouTube (www.youtube.com/watch?v=0wXaWK4mLJk&feature=youtu.be).

Todas as lives de formação e capacitação on-line e a oficina “Você quer um chazinho?”, que abordou os conhecimentos ancestrais por meio das ervas e flores terapêuticas e seu uso em chás, estão gravadas e podem ser acessadas no Facebook (www.facebook.com/marinilda.bboulay/) e YouTube (www.youtube.com/channel/UClCFEjzPUaPWoMHdKls4vSA).

Neta de benzedeira, a autora explica que “benzimento” significa bem dizer e é destinado a afastar doenças e maus, aplicando sobre as pessoas gestos, ao mesmo tempo em que se diz uma prece. “Muitas vezes, o ato de benzer é acompanhado por ervas, das quais essas pessoas são profundas conhecedoras. O benzimento conta fundamentalmente com a fé, que deve estar inscrita nos corações de quem benze e de quem o recebe”, diz Marinilda.

Para o doutor em Educação, Arte e História da Cultura Oscar D’Ambrósio, que assina o prefácio, “a obra derruba assim preconceitos contra quem pratica a bênção, visto por alguns como charlatão, e contra quem a recebe, considerado, por outros, como ignorante. O projeto mostra a dimensão humana de todo esse processo, não havendo melhores ou piores, mas apenas diferentes”.

O projeto multiplataforma Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé é premiado pelo ProAC (Programa de Ação Cultural), com realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e apoio do município de Socorro.

FICHA TÉCNICA:

Livro: ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé
Organização: Marinilda Boulay
Capa e projeto gráfico: Julien Boulay
Ano de edição: 2020
ISBN: 978-65-993068-0-8
1a edição – Brochura – 112 páginas
Formato 20 x 20 cm com 1 cm de lombada – Peso: 372 gramas
Editora: ITC (Instituto Totem Cultural)
Livro digital: totemcultural.org.br/expo/benzedeiras-livro-de-arte-catalogo/

%d blogueiros gostam disto: