Lançamento lide liquido

Grupo Barbatuques lança releitura de ‘Canto de Xangô’

Imagem: Divulgação

O grupo de percussão corporal Barbatuques lançou a sua versão para a música Canto de Xangô. A releitura está disponível nas plataformas digitais desde a última sexta-feira (20), Dia Nacional da Consciência Negra. A música de Baden Powell e Vinicius de Moraes faz parte do icônico disco Os Afro-sambas (1966).

A releitura tem arranjo feito por André Hosoi, que conta um pouco sobre o processo. “A ideia foi trazer novas nuances para essa composição que carrega uma forte influência africana, juntando novos caminhos melódicos e harmônicos aos tradicionais ritmos dos tambores que tão bem se adaptam à linguagem da música corporal”, comenta Hosoi.

O single foi lançado no dia 10/11, data para conscientização do racismo estrutural, e também como homenagem à música de matriz africana, que com o samba constroem juntas a identidade negra do cancioneiro popular brasileiro.

Recentemente, o grupo lançou outra releitura, da música He’s a Pirate (A Cappella) tema do filme Piratas do Caribe.

Barbatuques:

Fundado em 1995, o grupo musical paulistano Barbatuques desenvolveu ao longo de sua trajetória uma abordagem única da música corporal através de suas composições, técnicas, exploração de timbres e procedimentos criativos.

A partir de pesquisas e criações de Fernando Barba e também de seu contato com o musico Stênio Mendes, o Barbatuques deu origem a diferentes técnicas de percussão corporal, percussão vocal, sapateado e improvisação musical, desenvolvidas em suas experiências coletivas e somadas à bagagem individual de seus integrantes.

%d blogueiros gostam disto: