Agenda Cultural lide liquido

I Festival Internacional de Cidadania Digital começa nesta terça-feira em formato virtual

Imagem de Michael Schwarzenberger por Pixabay

Evento reúne extensa programação com congresso acadêmico, lançamentos de livros e programação infantil. As inscrições seguem abertas.

O I Festival Internacional de Cidadania Digital traz como tema “Do antropoceno ao novoceno” e inicia nesta terça-feira (3). O festival segue até o dia 27 de novembro com diversas atividades: congresso acadêmico multidisciplinar, exposição de artes, workshop de alfabetização digital e vivência de cidadania digital para crianças (Conecta KaT). Toda a programação é gratuita e vai acontecer no formato on-line, no YouTube e plataforma zoom. Para participar basta acessar o site https://doity.com.br/i-festival-de-cidania-digital e realizar a sua inscrição.

O evento on-line é promovido pelo Centro de Pesquisa ATOPOS (ECA-USP) e pela Plataforma para a Cidadania Digital (CIDIG), e segundo os organizadores, vai reunir cerca de 30 docentes e pesquisadores de dez países diferentes – Brasil, Itália, Portugal, Canadá, México, França, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda e Moçambique.

Entre os confirmados estão nomes como Michel Maffesoli, Pierre Lévy, Derrick de Kerckhove, Cosimo Accoto, José Bragança de Miranda, Paolo Gerbaudo, Selena Nemorin, Enea Bianchi, Fabio La Rocca, Isabel Babo, Mariella Nocenzi, Mario Pireddu, Silvia Surrenti, Alberto Sánchez Martínez e Massimo Di Felice. O festival envolve ainda outros 15 docentes e pesquisadores, de instituições acadêmicas de 10 estados do Brasil, na construção de uma plataforma para a formação à cidadania digital.

Além de palestrantes nacionais e estrangeiros, a programação inclui mesas redondas com a participação de convidados do terceiro setor, coletivos ativistas e empresas, que vão discutir exemplos de cidadania digital de diversos continentes.

Sete livros sobre o tema da comunicação e da cidadania do terceiro milênio também serão lançados no festival, juntamente com o Manifesto Internacional para a Cidadania Digital, assinado por pesquisadores em atuação em diversos países (Brasil, Itália, Canadá, Portugal, México e Estados Unidos), e a Plataforma Internacional para a Cidadania Digital.

PRIMEIRA SEMANA – O foco da semana de abertura do festival será a cidadania do terceiro milênio, com uma série de palestras e mesas de debate multidisciplinares. Para discutir a questão serão convocados Amâncio Friaça (USP), que vai abordar “A cidadania das galáxias” (3/11); Antonio Donato Nobre(INPE), com “A cidadania biosférica” (4/11); Oswaldo Pessoa Jr., com “A cidadania quântica” (5/11) e Massimo Di Felice, com o tema “A info-cidadania”(6/11). Todas as palestras serão transmitidas às 19h, no canal do Centro de Pesquisa Atopos no YouTube.

A primeira semana de atividades também conta com duas mesas-redondas: “Significados e teorias das novas formas de cidadania”, com Massimo Di Felice (USP), Marcella Scheneider (FAPCOM) e Rodolfo Scachetti (Unifesp), na terça-feira (3/11), e “Net-ativismo e as novas formas de participação em rede”, com Marina Magalhães (UFCG), Ian Dawsey (ATOPOS –ECA/USP) e Matheus Soares (ATOPOS – ECA/USP), na quarta-feira (4/11). As mesas serão transmitidas às 16h, a primeira pelo canal do Centro de Pesquisa ATOPOS no YouTube e a segunda via Zoom.

Crianças dos 7 (ou já alfabetizadas) aos 12 anos também terão lugar na programação do Festival, por meio de uma vivência de cidadania digital promovida pela Conecta Kat, uma rede internacional que conecta crianças e adolescentes em diferentes lugares do mundo. A iniciativa, no Festival, propõe instigar o protagonismo consciente infantil, a partir de problematizações do mundo presente, em conexão com as tecnologias digitais, em rede. As atividades serão desenvolvidas de forma síncrona e assíncrona, entre os dias 7 e 11 de novembro.

Confira a programação na íntegra no link: https://doity.com.br/i-festival-de-cidania-digital

Sobre o Centro Internacional de Pesquisa Atopos

O ATOPOS é uma rede internacional de pesquisa formada por pesquisadores de diversas áreas que, em países distintos, investigam o impacto das tecnologias digitais nos distintos âmbitos da sociedade atual. Surgida na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em 2005, a rede tem como objetivo a produção de conhecimento transdisciplinar e inovador, assumindo os compromissos de formar pesquisadores, de produzir publicações e de estender e compartilhar os resultados das investigações por meio de um diálogo com os mais variados setores da sociedade.

Serviço:

I Festival Internacional de Cidadania Digital
Quando:
Semana 1 (De 03 a 07 de Novembro) – A cidadania do terceiro milênio. Horário: 16h.
Semana 2 ( De 09 a 14 de Novembro) – A comunicação do terceiro milênio. Horário: 11h.
Semana 3 ( De 16 a 19 de Novembro) – Lançamento da Plataforma e do Manifesto da Cidadania Digital. Horário: 11h.
Semana 4 ( De 23 a 27 de Novembro) – I Congresso de Cidadania Digital. Horário: 11h.
Onde: Canal do Centro de Pesquisa ATOPOS no YouTube e Plataforma Zoom.
Inscrições e maiores informações: https://doity.com.br/i-festival-de-cidania-digital.

%d blogueiros gostam disto: