lide liquido

The Baden Powell Diaries: Trio israelense prepara álbum dedicado aos Afro-Sambas

Foto: Yuv Cohen 

Criado em meados de 2018 em Tel Aviv (Israel), Saravá é um projeto musical do violonista, compositor e professor de música Dudi Shaul, em parceria com os músicos Ben Ben Franklin e Daniel Harlev.

O antológico álbum Afro-sambas, de Baden Powell e Vinicius de Moraes foi lançado em 1966 pelo selo Forma. Divisor de águas na música brasileira, o álbum contou com a direção e produção artísticas de Roberto Quartin e Wadi Gebara, arranjos e regência de Guerra Peixe e a participação do Quarteto em Cy.

De acordo com o texto do poeta Vinicius de Moraes para a contracapa do álbum, “Essas antenas que Baden tem ligadas para a Bahia, e em última instância para a África, permitiram-lhe realizar um novo sincretismo: carioquizar, dentro do espírito do samba moderno, o candomblé afro-brasileiro, dando-lhe ao mesmo tempo uma dimensão mais universal.”

Sincretismo e dimensão esses que se mantém e que são captados, mesmo na distância de 10.533 km, trajeto entre Brasil e Israel, mais precisamente, Tel Aviv.

Foto: Yuv Cohen

Criado em meados de 2018 em Tel Aviv, Israel, Saravá é um projeto musical do violonista, compositor e professor de música Dudi Shaul, em parceria com os músicos Ben Ben Franklin (bateria) e Daniel Harlev (baixo).

Com o trio, Dudi Shaul realiza apresentações em Tel Aviv e desenvolve o projeto ‘The Baden Powell Diaries’, uma série musical com videos publicados no canal do grupo no YouTube e que fazem homenagens ao violonista carioca, principalmente ao antológico álbum Afro-sambas.

The Baden Powell Diaries conta até agora com cinco episódios e com participações especiais, como as do cantautor brasileiro Feu Marinho e da cantora marroquina Lala Tamar.

Marcado pelo groove afro-brasileiro e com raízes profundas do Oriente Médio, Saravá se tornou presença definidora de novos sons acústicos nas ruas de Tel Aviv e está em vias de gravar o seu primeiro álbum, previsto para ser lançado ainda este ano e com músicas autorais.

“Atualmente estamos trabalhando e preparando as bases da gravação, o que significa ensaios intensivos e trabalho conjunto nos arranjos e na sonoridade do grupo”, conta Shaul.

Leia mais: Uma entrevista com Dudi Shaul, do trio Saravá

O trio prepara também um álbum dedicado aos Afro-sambas e planeja uma turnê no Brasil por volta do início ou final de 2021, dependendo da situação da pandemia no mundo.

“Nosso segundo álbum dedicado aos Afro-Sambas só pode ocorrer depois de termos experimentado o Brasil como uma banda e colaborado com músicos locais durante um período. Além de excursionarmos com a nossa música, o sonho é fazer de uma a duas semanas de intensiva residência e troca cultural, com os nossos parceiros brasileiros permitindo o processo de trabalharmos juntos para firmarmos fortes relações interculturais”, afirma Dudi Shaul.

Foto: Yuv Cohen

Dudi Shaul

Dudi Shaul nasceu em Israel e tem ascendência iraquiana e polonesa. Cresceu na Austrália e agora mora em Tel Aviv, Israel, onde está trabalhando para gravar o primeiro álbum com seu projeto Saravá. Começou seu amor pela guitarra aos onze anos de idade e tempos depois o instrumento se tornou uma grande inspiração em sua vida e, em busca de continuar sua carreira musical, Dudi mudou-se para Melbourne, onde se formou no Victorian College of the Arts e no Conservatório de Música de Melbourne, recebendo bolsa de estudos da Foundation Music Performance, estudando violão clássico com Tonié Field e violão brasileiro com Doug DeVries.

A paixão de Dudi Shaul pela música brasileira começou mais de uma década atrás, quando um amigo lhe presenteou com o cd Afro-Sambas, de Baden Powell e Vinícius de Moraes. Desde então, ele embarcou em uma longa jornada para redescobrir essa bela linguagem musical no violão, tocando para além das fronteiras e limites, para um lugar em que se sente em casa.

Dudi já se apresentou em países como Suécia, Eslovênia, Alemanha, França, Croácia, Chipre, Espanha, Portugal, Brasil, Marrocos, Israel, Nova Zelândia e Austrália; em festivais como Woodford Folk Festival (Austrália), Festival Mediterranee (Israel), Guitar Festival, Tel Aviv (Israel) Andanças (Portugal), Bellingen Winter Music Festival e Mullum Music Festival.

*

Confira uma entrevista com Dudi Shaul

%d blogueiros gostam disto: