lide liquido

Assembleia Nacional de Resistência Indígena cria comitê para registrar avanço da Covid-19 sobre povos indígenas

Foto: Christian Braga / Greenpeace

Mais de 34 povos já foram impactados pela pandemia e, segundo a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), os dados oficiais não alcançam a realidade indígena.

A Assembleia Nacional de Resistência Indígena foi realizada pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) nos dias 8 e 9 de maio e reuniu lideranças e especialistas de diversas áreas para articular estratégias de contenção dos danos causados pela Covid-19 sobre os povos indígenas.

No encontro, as diversas organizações indígenas articularam medidas para realizar um diagnóstico das realidades locais e organizar estratégias para minimizar o impacto da pandemia entre os povos originários.

Uma das alternativas para acompanhamento da disseminação do coronavírus foi a criação do Comitê Nacional pela Vida e Memória Indígena, com o objetivo de estruturar o acompanhamento dos casos de Covid-19 junto a organizações de base e as instituições parceiras do movimento indígena.

Fonte: APIB

O principal impasse entre organizações indígenas e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), vinculada ao Ministério da Saúde, é a notificação dos casos de contaminação e óbitos. De acordo com as lideranças, os dados oficiais não alcançam a realidade indígena de mais de 34 povos já impactados pela doença.

Com a criação do comitê, estatísticas, povos atingidos e outras informações são publicadas semanalmente no boletim elaborado pela coalizão Quarentena Indígena.

“Não são apenas números, são pessoas, são memórias e histórias dos povos Apurinã, Atikum, Baniwa, Baré, Borari, Fulni-ô, Dessana, Galiby Kalinã, Guarani, Hixkaryana, Huni Kuin, Jenipapo Kanidé, Kariri Xocó, Kaingang, Karipuna, Kokama, Macuxi, Mura, Munduruku, Pandareo Zoro, Pankararu, Palikur, Pitaguary, Pipipã, Sateré Maué, Tabajara, Tariano, Tembé, Tikuna, Tukano, Tupinambá, Tupiniquim, Warao e Yanomami. Todos afetados pela pandemia.”, evidencia um trecho da carta final da Assembleia.

Para acessar boletins, campanhas e outros conteúdos relacionados à epidemia de Covid-19 entre os povos indígenas brasileiros, acesse: http://quarentenaindigena.info/

Leia a carta final da Assembleia Nacional de Resistência Indígena na íntegra aqui:

%d blogueiros gostam disto: