lide liquido Prêmios e Concursos

Patrimônio Cultural: inscrições para o prêmio Rodrigo Melo Franco vão até o dia 18 de maio

Iniciativa promovida pelo IPHAN busca premiar ações que visem a preservação do patrimônio material e imaterial brasileiro

Considerada a maior premiação nacional no campo do Patrimônio Cultural, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 1987, chega à sua 33ª edição em 2020. A iniciativa tem como objetivo o reconhecimento às ações de preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro que, em razão de sua originalidade, criatividade e relevância, mereçam registro, divulgação e reconhecimento público.

Em 2020, serão selecionadas 12 ações no campo do Patrimônio Cultural Brasileiro. Para participar, os candidatos devem acessar o formulário de inscrição disponível no site do Iphan, até o dia 18 de maio (segunda-feira). O edital traz novos segmentos na premiação, visando atender a um número maior de ações que já acontecem em todo o território nacional. Cada premiado receberá o valor de R$ 20 mil.

Podem concorrer ao Prêmio pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, que tenham desenvolvido ou estejam desenvolvendo ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural brasileiro em qualquer lugar do território nacional e cujos resultados possam ser analisados relativamente ao ano de 2019.

Nesta edição, o Prêmio Rodrigo Melo traz duas categorias:

 1) Iniciativas de excelência no campo do Patrimônio Cultural Material

 2) Iniciativas de excelência no campo do Patrimônio Cultural Imaterial

Cada categoria possui 06 (seis) segmentos: Segmento I: Administração direta e indireta (exceto municípios); Segmento II: Administração direta e indireta municipal; Segmento III: Universidades (Públicas e Privadas); Segmento IV: Fundações ou Empresas Privadas, exceto MEI (Micro Empreendedor Individual); Segmento V: Cooperavas, associações formalizadas ou redes e coletivos não formalizados; Segmento VI: Pessoas Físicas ou MEI (Micro Empreendedor Individual).

Seleção

As ações serão pré-selecionadas pelas Comissões Estaduais, compostas por representantes das diferentes áreas culturais de cada Estado, presidida pelo superintendente. As ações vencedoras na etapa estadual serão analisadas pela Comissão Nacional de Avaliação, formada pela presidência do Iphan e por 21 jurados que atuam nas áreas de preservação ou salvaguarda do Patrimônio Cultural. O resultado final do concurso deverá ser divulgado até o dia 30 de agosto de 2020, no site do Iphan.

Para saber mais, acesse: http://portal.iphan.gov.br/premiorodrigo

 

O destino a fez jornalista, afinal a única coisa que sabe fazer bem é contar estórias. Ela podia estar fazendo terapia para se tornar uma pessoa melhor, mas escolheu o jornalismo como divã para lidar com as aventuras e desventuras da vida. Ana Cecília (Maceió-AL) também é mestranda em Antropologia Social e tem interesse pelo estudo das dinâmicas urbanas e seus significados.

%d blogueiros gostam disto: