lide liquido

‘Não há quem goste de ser número, gente merece existir em prosa’: Memorial virtual reúne histórias de vítimas da Covid-19 no Brasil

Lançado no final de abril, site relembra vítimas da pandemia da Covid-19 para além da frieza dos números e estatísticas.

O Memorial Inumeráveis é um projeto digital colaborativo inaugurado na última quinta (30). O objetivo é o de não deixar que nenhuma vida perdida com a pandemia da Covid-19 no Brasil se torne apenas números.

Idealizado e criado pelo artista paulistano Edson Pavoni em parceria com o empreendedor social Rogério Oliveira, e junto a outros sete amigos jornalistas, escritores, desenvolvedores e empreendedores sociais; o site reúne o nome completo, idade, localidade e pequenas histórias de brasileiros que não resistiram à infecção e que não puderam ter uma despedida digna de seus parentes e amigos.

Em entrevista concedida hoje (6) ao site QG, Edson Pavoni afirma que o memorial nasce do incômodo de acordar todos os dias com um novo número de mortes.

“Você acorda em um dia e são 80 mortes, daí acorda no dia seguinte e são 120 mortes. Depois de um tempo fica quase impossível ficar conectado com esse número porque ele vai perdendo o significado e a gente vai ficando insensível, se desconectando da profundidade, do significado desse número, da quantidade de pessoas que estão morrendo”, reflete.

Depois de um tempo fica quase impossível ficar conectado com esse número porque ele vai perdendo o significado e a gente vai ficando insensível.

Foi desse incômodo que surgiu a necessidade de contar as histórias por trás da frieza dos números e sensibilizar as pessoas.

Na página inicial do site, todas as vítimas homenageadas são listadas por ordem alfabética com nome completo, idade e uma breve descrição. Além de possibilitar que jornalistas, estudantes de jornalismo e outros profissionais possam reportar uma história, a plataforma também permite que familiares e amigos possa colocar diretamente algumas palavras sobre o parente ou amigo falecido.

Acesse o site para conferir as histórias. O projeto também possui um perfil do Instagram: @inumeraveismemorial.

Sobre sousandre

Nordestino, fotógrafo e editor da Arribação.

%d blogueiros gostam disto: