lide liquido São Paulo

Petra Belas Artes libera acesso gratuito ao seu acervo até o dia 15

O Petra Belas Artes liberou o acesso online e gratuito a todo o acervo dos seus filmes. Até o dia 15 de abril, o público poderá ter acesso a um acervo de filmes cults, clássicos e recentes: de “Metrópolis” (Fritz Lang) a “Uma mulher é uma mulher” (Jean-Luc Godard), passando por “O anjo exterminador” (Luis Buñuel), “Morte em Veneza” (Luchino Visconti) e muito mais.

Para além do cardápio, o destaque também fica para os títulos das categorias, bem sugestivos: “Todo cinéfilo precisa ver antes de morrer”, “Diretores que todo cinéfilo precisa conhecer”, “Cults incríveis”, “Para roer as unhas”, “França mon amour”, “ha ha ha” “Don’t cry for me argentina” e “Se você nunca viu um filme cult comece por aqui“.

Sobre o Petra Belas Artes

Como Cine Belas Artes, foi inaugurado em julho de 1967 com o filme de abertura “Os Russos Estão Chegando”, programado pela Sociedade Amigos da Cinemateca.
Em 1980 ganhou a divisão de seis salas, existente até hoje, batizadas cada uma com o nome de um artista brasileiro: Villa-Lobos, Candido Portinari, Oscar Niemeyer, Aleijadinho, Mario de Andrade e Carmen Miranda.
Devido a sua programação alternativa, mesclando filmes de nacionalidades diversas e mantendo alguns filmes por longo período em cartaz, o Cine Belas Artes tornou-se um dos mais importantes pontos de encontro intelectual e artístico da cidade.
Em meados de 2002 o cinema quase foi fechado. Mais recentemente, em fevereiro de 2019, o cinema ficou novamente sem patrocinador. Após três meses de incertezas, o cinema, enfim, reconquistou a seguridade de continuar com as portas abertas graças ao patrocínio firmado com a cerveja Petra, do Grupo Petrópolis.

***

Para acesso ao acervo, clique AQUI.

%d blogueiros gostam disto: