Agenda Cultural São Paulo

Nos 466 anos de São Paulo, um Grande Cortejo Modernista percorrerá pontos históricos da capital

Em comemoração aos 466 anos da capital paulista, a cidade contará com diversos shows e atrações neste sábado (25) – a maioria concentrados no centro.

Realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, o Grande Cortejo Modernista é um espetáculo itinerante a céu aberto e que terá a participação de artistas como Elba Ramalho com Bixiga 70, Karol Conka, Rashid, Ney Matogrosso, Skank, Demônios da Garoa e Zezé Motta.

Com dez horas de duração, o cortejo promove uma verdadeira viagem pela história do Modernismo e suas manifestações na capital paulista e reúne apresentações de música, teatro, circo e dança, que começam no Pátio do Colégio e terminam na Praça da República.

Para dar vida a personagens históricos, foram convidados atores como Pascoal da Conceição, interpretando o escritor Mário de Andrade, Marcos Palmeira como Heitor Villa-Lobos, Rosi Campos como Tarsila do Amaral e Virginia Cavendish como Anita Malfatti.

A Orquestra Sinfônica Municipal, o Coro Lírico, o Balé da Cidade de São Paulo e o Coral Indígena Guarani Amba Vera também integram a apresentação. A abertura será no Pátio do Colégio, às 12h, e o itinerário inclui o Largo São Bento, Rua Líbero Badaró, Avenida São João, Viaduto do Chá, Praça Ramos de Azevedo – onde fica o Theatro Municipal de São Paulo -, Largo do Paiçandu, esquina das Avenidas Ipiranga e São João e Praça da República. Dessa forma, o público é convidado a percorrer pontos históricos e lugares de memória que se relacionam com a cultura brasileira em todas as suas formas.

Confira a Programação:

12h – Pátio do Colégio: abertura do espetáculo com José Rubens Chachá como Oswald de Andrade e Pascoal da Conceição como Mário de Andrade anunciando o Grande Cortejo Modernista.

Apresentação do Coral Paulistano com o Coral Guarani Amba Vera;

13h – Pátio do Colégio: Início do cortejo com Elba Ramalho e banda Bixiga 70;

14h – Largo São Bento: no berço do Hip hop, show com Karol Conka, Rashid, bboys, bgirls e DJs;
Pela Líbero Badaró, intervenções aéreas com dançarinos , performers e os personagens Di Cavalcanti (Marcelo Airoldi) e Tarsila do Amaral (Rosi campos) dialogam das sacadas de Prédios Históricos.
No Edifício Sampaio Moreira, sede da Secretaria Municipal de Cultural (SMC), os personagens Mário de Andrade (Pascoal da Conceição) e Anita Malfatti (Virgínia Cavendish) celebram os 45 anos de criação da SMC e sobre a primeira exposição de Anita.

15h – Praça do Patriarca: O Balé da Cidade apresenta coreografias inspiradas na obra da artista plástica Tarsila do Amaral, ao som da banda aérea da Cia-K Aerogroove.
Rosi Campos como Tarsila do Amaral apresenta os bonecos gigantes da Cia. PiA FraUs, inspirados em obras do modernismo brasileiro. Demônios da Garoa na sacada do edifício Sampaio Moreira

16h30 – Nas sacadas do Theatro Municipal, os modernistas encontram com Marcos Palmeira que interpreta o Maestro Heitor Villa-Lobos para anunciar as comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna de 22.
Villa-Lobos e João Carlos Martins regem a Orquestra Sinfônica Municipal, com os musicistas usando chinelos, em alusão ao ocorrido na Semana de 22;

Do saguão do Teatro Municipal surge o Bloco Pagu, composto por 100 mulheres homenageando a escritora e jornalista Patricia Galvão, um dos ícones de Modernismo. Ao som do Bloco, o cortejo segue até o Largo do Paissandu.

18h – Na chegada ao Largo do Paissandu, ZEZÉ MOTTA surge da Igreja do Rosário dos Homens Pretos, para falar da memória negra do território ao som do bloco afro-afirmativo Ilú Obá de Min.
A lado do Boneco gigante do Palhaço Piolin, circenses e a banda aérea da Cia K – Aerogroove tocam hits modernos e milhares de bolas coloridas são jogadas para o público brincar.

19h – Na Galeria do Rock Oswald de Andrade anuncia a banda Skank, que faz um show especial, revisitando seus grandes sucessos.
O Bloco Pagu com os Modernistas conduzem o público até o cruzamento das Avenidas Ipiranga e São João;

Ney Matogrosso. Foto: Reprodução.

20h – Na esquina mais famosa de São Paulo, Ney Matogrosso faz show de voz e piano (Leandro Braga);

21h – Pela Avenida Ipiranga, o Bloco Baixo Augusta embala os participantes com ritmos carnavalescos até a Praça da República anunciando o Carnaval de Rua de São Paulo.

%d blogueiros gostam disto: