Sem categoria

Janis Joplin, Little Girl Blue

Janis Joplin. Reprodução

Em 4 de outubro de 1970 falecia Janis Lyn Joplin. Responsável em grande medida por abrir os caminhos para as mulheres no rock, Janis Joplin ganhou fama no final da década de 1960 e ficou conhecida por seus vocais poderosos e inspirados no blues e em nomes como Odetta, Leadbelly, Bessie Smith e Big Mama Thornton. Nos anos de escola, na Thomas Jefferson High School, Joplin acabou desenvolvendo um grupo de amigos que compartilhavam seu interesse pela música e pela Beat Generation, que rejeitava as normas padrão e enfatizava a expressão criativa.

Para conhecer um pouco mais sobre a cantora norte americana, o blog Arribação destaca o documentário, lançado no ano de 2015 e intitulado Janis: Little Girl Blue. Dirigido e escrito pela cineasta americana Amy J. Berg, o documentário está disponível na Netflix e consiste num relato sensível da história de Janis Joplin, de sua infância em Port Arthur, passando pelo bullying, uso de drogas e seu contato com a música. Com narrações de Cat Power, o documentário apresenta o resultado de sete anos de pesquisa em imagens raras, videos, cartas e demais documentos da vida da cantora e conta com a participação de nomes como Juliette Lewis, Kris Kristofferson e muitos outros.

” – Por que eu canto? […] Bem, porque consigo experimentar diversos sentimentos. É realmente divertido sentir todo tipo de coisa que você dificilmente viveria indo a festas o ano todo, e fazendo com quem você quiser. Porque você pode sentir coisas que estão na sua imaginação que se tornam reais. É por isso que gosto de música, porque é criativa e, enquanto acontece, cria sentimentos” (Janis – Little Girl Blue).

Sobre sousandre

Nordestino, fotógrafo e editor da Arribação.

%d blogueiros gostam disto: